sábado, 2 de junho de 2012

DNA humano pode receber dados gravados como um computador



Por Mariana Montenegro Nenhum Comentário
Cada vez mais a tecnologia nos surpreende. Já imaginou se seu DNA funcionasse como um pendrive? Cientistas da Universidade de Satanford, na Califórnia comprovaram ser possível gravar e apagar informações no DNA humano da mesma forma como se faz em um computador ou “pen drive”.
A descoberta pode no futuro nos ajudar a entender um pouco mais nosso próprio organismo e a curar diversas doenças. Isso porque alterar o DNA humano pode criar células sintéticas e digitais, fazendo com que o organismo seja reprogramado para funcionar de forma diferente. Já imaginou as possibilidades?

Para chegar a essa conclusão, os cientistas passaram por um processo de tentativa e erro. E depois de três anos e 750 tentativas, os resultados foram satisfatórios. Suas teorias foram testadas no DNA da bactéria Escherichia coli. Ao separar seus elementos genéticos, foi possível notar que sobrou um sistema com lugares marcados onde esses elementos deveriam estar, indicando para enzimas que o DNA pode ser “copiado e colado”. A previsão é que esse novo sistema poderá estar funcionando em organismos vivos antes do fim do século. Demais, não?
*Informações Gizmodo e Revista Galileu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Wikipedia

Resultados da pesquisa

Seguidores

Barra de vídeos

Loading...
Ocorreu um erro neste gadget