segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Lontras marinhas contra o aquecimento global




Por Daniel Accioly 0 comentário(s)
As lontras marinhas são mamíferos simpáticos, inteligentes, e agora, comprovadamente ecológicos. Um estudo recente conduzido por pesquisadores americanos da Universidade da Califórnia em Santa Cruz indica que investir no aumento da população de lontras-marinhas poderia contribuir, indiretamente, para a redução de dióxido de carbono (CO2), apontado como um dos principais responsáveis pelo aquecimento global.

A explicação é simples. As lontras marinhas ajudam na proliferação de algas marinhas, que são responsáveis por absorver grandes quantidades de CO2 da atmosfera. As lontras espantam os ouriços-do-mar, cujo principal alimento são as algas. Segundo o professor de ecologia e biologia evolutiva Chris Wilmes, um dos autores do trabalho, as os ouriços-do-mar evitam se alimentar das algas quando há lontras por perto.

O estudo, publicado na revista científica “Frontiers in Ecology and the Environment”, foi resultado de cruzamento de dados de 40 anos de observação das lontras na Ilha de Vancouver, no Canadá.
O incentivo do aumento do número de indivíduos da lontra marinha não resolveria os problemas do aquecimento global. Mas sua preservação é um aliado importante. A lontra marinha já foi ameaçada de extinção, e sua população foi recuperada após quase um século de empenho de pesquisadores, veterinários e voluntários.
* Com informações de G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Wikipedia

Resultados da pesquisa

Seguidores

Barra de vídeos

Loading...
Ocorreu um erro neste gadget