terça-feira, 8 de outubro de 2013

HI-A-TO

Insensível

Titãs

Até parece loucura
Não sei explicar
É a verdade mais pura
Eu não consigo amar
Meu bem me desculpe
Não quis te ferir
Mas dizer a verdade
É melhor que mentir...
Insensível!
Insensível você diz
Impossível!
Fazer você feliz...(2x)
Às vezes você esquece
O que eu finjo esquecer
Mas pra mim é difícil
Eu não consigo entender
Entre outras pessoas
É tão natural
Porque será que comigo
Não pode ser igual...
Insensível!
Insensível você diz
Impossível!
Fazer você feliz...(2x)
Não fui eu, Não foi você quem escolheu
Viver neste mundo tão frio
Insensível!
Insensível você diz
Impossível!
Fazer você feliz...(2x)
Às vezes você esquece
O que eu finjo esquecer


Isso

Titãs

Isso!
Que acontece com a gente
Acontece sempre
Com qualquer casal
Isso!
Ataca de repente
Não respeita cor
Credo ou classe social
Isso! Isso!...
Parecia que não ia
Acontecer com a gente
Nosso amor era tão firme
Forte e diferente...
Não vá dizer
Que eu não avisei você
Olha o que vai fazer
Não vá dizer...(2x)
Não adianta mesmo reclamar
Acreditar que basta
Apenas se deixar levar
Isso!
Que atrapalha nossos planos
Derrubou o muro
Invadiu nosso quintal
Isso!
Passam-se os anos
Sempre foi assim
E será sempre igual
Isso! Isso!...
Parecia que não ia
Acontecer com a gente
Nosso amor era tão firme
Forte e diferente...
Não vá dizer
Que eu não avisei você
Olha o que vai fazer
Não vá dizer...(2x)
Isso! Isso!...

Amores imperfeitos

Skank

Não precisa me lembrar
Não vou fugir de nada
Sinto muito se não fui feito um sonho seu
Mas sempre fica alguma coisa
Alguma roupa pra buscar
Eu posso afastar a mesa
Quando você precisar
Sei que amores imperfeitos
São as flores da estação
Eu não quero ver você
Passar a noite em claro
Sinto muito se não fui seu mais raro amor
E quando o dia terminar
E quando o sol se inclinar
Eu posso por uma toalha
E te servir o jantar
Sei que amores imperfeitos
São as flores da estação
Mentira se eu disser
Que não penso mais em você
E quantas páginas o amor já mereceu
Os filósofos não dizem nada
Que eu não possa dizer
Quantos versos sobre nós eu já guardei
Deixa a luz daquela sala acesa
E me peça pra voltar
Não precisa me lembrar
Não vou fugir de nada
Sinto muito se não fui feito um sonho seu
Sei que amores imperfeitos
São as flores da estação
Mentira se eu disser
Que não penso mais em você
E quantas páginas o amor já mereceu
Os filósofos não dizem nada
Que eu não possa dizer
Quantos versos sobre nós eu já guardei
Deixa a luz daquela sala acesa
E me peça pra voltar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Wikipedia

Resultados da pesquisa

Seguidores

Barra de vídeos

Loading...
Ocorreu um erro neste gadget